segunda-feira, 26 de setembro de 2016

toda poesia é antes de tudo uma tentativa de prolongar o fôlego, de sublinhar o invisível e emoldurar o encanto.