quinta-feira, 10 de novembro de 2011

lenda viva

esbarrei com seu universo entre a multidão de idas e vindas do Centro, que bom encontrar você despretenciosamente, você não poderia ter deixado de vomitar toda sua angústia permanente das peças que não se encaixam no seu quebra-cabeça, eu um pouco atrasada em função da corrida desenfreada dos ponteiros tentei guardar o máximo de você naqueles minutos de conversa saudosista, descarreguei toda a minha versão de você e me fiz declaração, é muito importante materializar o sentimento, pra torná-lo realidade, amor batendo dentro do peito acontece só dentro de mim, mas amor expresso através do abraço das letras e do encontro dos olhos acontece pra quem quer que seja...

2 comentários:

  1. que você continue materializando sentimentos dessa forma mágica...


    :)

    ResponderExcluir
  2. e que você continue me construindo tão poeticamente...

    ResponderExcluir