quinta-feira, 26 de abril de 2012

cheiro embrulhado

foi injusto, apesar de bonito, você ter me deixado o seu cheiro embrulhado. quando abri o presente senti o seu perfume em torno da minha moldura, você se concretizava bem ali, a olhos nús, eu te abraçava nas mínimas possibilidades de realidade. cheiro não é presente que se deixa pra qualquer um, principalmente quando não resta nenhuma fresta pra qualquer dois.

2 comentários:

  1. nossa... tem lembrança mais agridoce que cheiro?

    :)

    ResponderExcluir
  2. pois é Juliana, cheiro parece até que tem forma...

    ResponderExcluir