domingo, 22 de abril de 2012

corda arrebentada

desde que soltei a corda, descobri que na verdade eu a havia amarrado em mim e já não existia vontade de segurá-la. ficara então presa como se fosse desejo, mas era mesmo contorno de insegurança e grades fora de contexto.

2 comentários: