quarta-feira, 24 de outubro de 2007

conhecer

Sinto-me incomodada quando alguém não é capaz de sentir os fluídos desse mundo... quando alguém não consegue usar os sentidos para absorver os bons ventos. Quando me perguntam sobre o meu objetivo nessa vida eu respondo imediatamente: conhecer!

Meu pulmão respira para transpirar novos aromas, sempre novos porque nos tranformamos a cada fração de segundo. Não suporto a idéia da rotina, de objetos duros e com pontas. Nossas decisões não são tão nossas assim... é preciso enxergar além da janela que nos separa da rua, ali, logo a nossa frente... Reconheço que os corações pulsam de verdade, mas acredito que existam energias no ar que superam a nossa humilde capacidade de alterar o curso das águas. Por isso, se eu pudesse dar um conselho hoje diria para não buscar dar forma a algo que nasceu para ser suave, feito as ondas do mar...

Apenas sinta as vibrações...

Nenhum comentário:

Postar um comentário