domingo, 17 de março de 2013

o jornalismo permanece

fazer jornalismo não foi em vão. hoje, prestes a me formar como assistente social, eu mantenho pulsante o meu compromisso investigativo, de publicar em caixa alta os absurdos da vida produzidos pelo próprio ser humano. agora eu posso somar a minha vontade de agir, com a minha capacidade de expressar.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário