terça-feira, 2 de agosto de 2016

[tem arte que prolonga a pele em tudo quanto é canto desse mundo, faz do riso estátua no rosto e cria um palco bem dentro da imaginação]

Nenhum comentário:

Postar um comentário