sábado, 26 de janeiro de 2008

ela

assim ela faz
inunda a minha alma
e faz transbordar além dos limites do meu corpo
presente na imensidão do meu destino
ela traça os caminhos mais brilhantes
aqueles que trilharia com os olhos vendados
pois sei que estaremos sempre de mãos dadas, acorrentadas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário