segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

lua e sol

esqueci por alguns dias que as pessoas também têm asas
lapso de memória que as vezes me engana com os caminhos mais curtos
a sabedoria geralmente se encontra nas pegadas da longa trilha
e de nada adianta flashes de felicidade

por isso meu coração volta a se acalmar
mas no fundo permanece num turbilhão de ventos

vou deixar que voe
no momento sairei de cena
estarei próxima: atrás das cortinas
distância necessária pra sentir a presença

agora só as passagens da Lua para o Sol poderão nos dizer
o que há por trás destes corações
tão aflitos em responder qual sentimento irá permanecer

Nenhum comentário:

Postar um comentário