terça-feira, 21 de julho de 2009

caminhos de uma árvore

mesmo uma árvore, com uma raíz bem profunda, se confunde com tantas possibilidades de caminho... acaba formando troncos que vão de um lado pro outro, sem destino certo, sem uma direção em comum. eles querem apenas esticar os braços, a pele. não importa se é para baixo ou para cima. e de todas as árvores as maiores é que são as mais perdidas. mas elas sabem enganar. colocam folhas por cima de toda a confusão e pra nós que olhamos de longe acabamos pensando que tudo é uma coisa só. estas são pra mim as mais lindas de se ver...

4 comentários:

  1. Eu tsmbém quero me espalhar....
    Bonito o texto.


    1 beijo



    Gi

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto mesmo é da desordem, das coisas que nao se explicam, da diversidade das cores e da beleza que é capaz de ser revelada atrás da simplicidade. Eu gosto do contraditório, do impossível, do improvável. Eu gosto de vc =)

    ResponderExcluir
  3. eu amo você, menina de pés descalços.

    ResponderExcluir