terça-feira, 13 de outubro de 2009

próximo destino

foi naquele domingo que ela começou. encolheu as pernas, abraçou o corpo com as mãos e escondeu a cabeça dentro da pele. fez isso até ficar pequenina e caber dentro do coração dele. a cada encontro ela diminui mais um pouco. da última vez ela ficou sem respirar pra deixar lá fora todo o ar desnecessário. nem respirar ela quer mais. só quer saber de encontrar o seu cantinho lá dentro dele, até chegar a hora em que ela possa fazer dele o seu próprio endereço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário