domingo, 10 de maio de 2009

feliz dia das mães

quando me vêem dizem que eu sou ela. quando encontram com ela dizem que ela sou eu. nem das coisas que eu não gosto eu escapo. estão todos os detalhes ali, escancarados em mim. não há quem negue a presença da cor vermelha entre nós. o sangue até derrama. o umbigo umbilical me parece ainda ter alma. ela está aqui e eu estou lá. incrivelmente presentes.

7 comentários:

  1. seu rosto é igual ao dela.
    lindas as duas.

    ResponderExcluir
  2. agradeço em meu nome e em nome do meu outro eu (ela)...

    ResponderExcluir
  3. vc escreve mto bem..
    adorei o texto..

    ResponderExcluir
  4. Leninha, agradeço pelas palavras com cobertura de chocolate...

    ResponderExcluir
  5. http://luaninhha.blogspot.com/2010/01/mamae.html

    ou vc fez um grande plagio ou o outro blog tbm é seu!
    galera ve esse link ai
    tem o mesmo texto
    p.s talvez a outra garota plagio
    mas eu ainda acho q foi vc

    ResponderExcluir
  6. http://luaninhha.blogspot.com/2010/01/mamae.html

    ou vc fez um grande plagio ou o outro blog tbm é seu!
    galera ve esse link ai
    tem o mesmo texto
    p.s talvez a outra garota plagio
    mas eu ainda acho q foi vc

    ResponderExcluir