segunda-feira, 19 de abril de 2010

já é dia!

eu me recuso a tirar a minha roupa de festa e concluir que já é dia. de nada servem as noites, elas sempre acabam. eu me recuso a vender o instante que teria ao lado seu. as noites não podem acabar assim. não sabem elas que alguns encontros não cabem dentro delas? são egoístas. quando acabam não deixam se quer uma estrela, nenhum vestígio. as noites não podem acabar assim. e o quê é que não acaba mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário