segunda-feira, 27 de setembro de 2010

você não vê que eu cresci?

pai, estava pensando... acredita que houve um dia em que eu não sabia caminhar? neste tempo era você quem segurava a minha mão, e de tão firme me fazia colocar um pé a frente do outro sem me preocupar com qualquer queda. e hoje que eu posso correr, que eu consigo mover cada pedaço meu, percebi que a sua mão continua aqui, segurando a minha. acho que é mesmo verdade que os filhos nunca crescem, e ainda bem, porque sentir sua mão contornando a minha me faz querer ser pra sempre bem pequenina pra caber no seu abraço muito maior que o meu.

2 comentários:

  1. cresceu e tornou-se um doce de menina!!! adoro-te, pequena!! excelente semana.

    ResponderExcluir
  2. Thi, gosto muito de receber suas letras, seu abraço é muito confortante!

    ResponderExcluir