domingo, 15 de maio de 2011

conclusões

1 - amor pode doer.

2 - as crianças amam mais.

3 - o amor é uma escolha.

5 comentários:

  1. concordo...o amor é um escolha...

    as pessoas acreditam que não...que não é algo que a gente possa escolher.

    =D

    ResponderExcluir
  2. Suzi, penso assim, que amor é fruta madura, pronta pra cair do pé, nem antes, nem depois, naquele instante, quando já se passaram as outras estações.

    ResponderExcluir
  3. Ou será o amor nos escolhe?
    Nao sei....

    ResponderExcluir
  4. A escolha da criança que cresce, é o amor que dói, alguma vez.
    Concluímos assim, que fingimos amor quando pensamos em ser feliz.

    Gostei das conclusões, mais ainda,de rebate-las. Você, exige isso de mim.

    Boa semana.

    ResponderExcluir
  5. ah Cris, ainda quando o amor nos escolhe a gente o escolhe em retribuição...

    Blakhorshed, sua conclusão foi ainda mais forte que a minha, pois não tenho como negar que eu amo por egoísmo também, e não só por espontaneidade.

    ResponderExcluir