quarta-feira, 10 de agosto de 2011

tenho todas as coisas

a sensação de posse mente sobre a nossa relação, mesquinharia do ser humano pensar que só possui aquilo que é de sua propriedade, a gente tem todas as coisas que sente, tudo aquilo que vejo é por consequência parte do meu universo particular, sendo assim tenho todas as coisas, mas não como dona, descarto aqui as cercas de arames farpados envolvidas de proibições, coloco em comunhão os meus pertences, todos, inclusive eu mesma, é bom pertencer a outros mundos, é melhor que eu entenda isso perfeitamente, pra evitar invenções de histórias de gente guardada em caixas.

2 comentários:

  1. Certa vez pensei que as memórias eram minhas, descobri a existência do alzheimer. E sucessivamente, descobri não possuir nada.

    ResponderExcluir
  2. Keila, possuir em forma de contrato não é mesmo possível, mas há outras formas, outras tantas formas...

    ResponderExcluir