terça-feira, 27 de setembro de 2011

a minha permanente primavera

quando a natureza começa a se colorir, percebo que nem sempre há primavera, por mais beleza que possa existir nas pétalas, nem sempre elas estarão desabrochando nos jardins, mas, apesar da finutude dessas novas cores, é sempre possível plantar, ainda que poucas, algumas flores debaixo da minha janela, o tempo lá fora não é capaz de impedir colheitas assim, pois primaveras podem ser parte de qualquer estação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário