quinta-feira, 28 de junho de 2012

eu quero enfeitar você

e quando você me olha, o que você vê? peraí, me empresta seus óculos? deixa eu ver também pelos seus poros? quero tentar descobrir o que você enxerga quando abre o portão de casa e dá de cara com o mundo inteiro. quero saber o que a sua pele sente, quando, nos encontros marcados, abraça a minha. quero entender o que você pensa quando não há nada para se pensar, quero saber pra onde sua mente vai. quero saber porque você escolheu o tênis preto, com listra branca, pra decorar a sua vitrine. quero saber o que você sente quando me beija como se eu fosse de porcelana. ta aí, quero entrar em você, abrir suas gavetas, destrancar seus armarios, preencher suas prateleiras, e pintar suas paredes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário