quinta-feira, 10 de setembro de 2009

mesmo dentro de uma dor há tanta alegria. e isso me parece tão natural...

Nenhum comentário:

Postar um comentário