domingo, 20 de setembro de 2009

tanto faz o dia, basta apenas que seja dia

tenho vontade de criar meus aniversários sem datas marcadas. deixou de fazer sentido tantos abraços em um único dia. e já que o tempo passa posso dizer que já não comemoro mais como antigamente. faria sim uma festa em um dia sem títulos, sem a falsa cobrança de ser tantas coisas entre as meia-noites. é que não dá pra agendar os meus sentimentos. não dá pra amar assim, de uma vez só, numa data com tantos parabéns.

2 comentários:

  1. brigadeiros e coca-cola foram substituídos por marguerita, vinho e dips... e depois de meia-noite todas nós viramos abóboras, sem exceção!

    ResponderExcluir
  2. é por isso que eu prefiro tudo o que acontece após a meia-noite...

    ResponderExcluir