sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

embarque próximo

é mesmo verdade Lio, as nossas malas estão prontas, desde sempre, estão veladas discretamente debaixo da cama, silenciosamente, mas estão prontas, esperando apenas o bater das asas. não é raro a gente se perceber abrindo as malas, tentando desfazê-las, buscando encaixar perna, braço, coração fora delas, mas também não é raro a gente concluir logo na primeira tentativa a falta de espaço, ainda que sobre espaço. tanto eu, como você, não temos coragem de desfazer as malas, paramos lá no ano de 2009, e desde então paramos de contar o tempo, estamos espalhados pelos portões de embarque, pelos tantos portões que inventamos, qualquer esquina é sempre uma quase partida, ainda estamos no quase, respiramos, esperamos, mas sabemos que em breve o tempo voltará a ser nosso...

2 comentários:

  1. é tão bom saber que vc está aqui.
    aqui sim, sempre tão perto !
    amo

    ResponderExcluir
  2. afinal, Lio, a nossa bagagem é quase sempre a mesma...

    ResponderExcluir