quinta-feira, 31 de março de 2011

tempos de agora

estes são tempos de felicidade medida pelo teor alcoólico, de identidades transformadas pela propaganda da tv, de promessas desfeitas pela fluidez dos sentimentos. são tempos marcados por tatuagens que também não explicam o sujeito, tempos de desencontros desaguando em uma seringa injetando sentido na veia. são tempos de excessos tão excessivos, que o alcance do topo da montanha introduz automaticamente o desejo por um lugar ainda mais alto. são tempos de mundos com janelas fechadas em iphones, com a tecnologia mediando relações entre pessoas que moram ao lado. são tempos de curvas espelhadas em academias frustradas pela imperfeição humana, são tempos de bisturis costurando modelos ideais e perfumes negando o cheiro da pele. estes são tempos de relógios apressados, tempos de máquinas. estes são tempos limites, tempos que a natureza tenta sobreviver. estes são tempos que passarão, assim eu espero que seja.

4 comentários:

  1. Esses são tempo que vem desandando e tentanto alinhar-nos desde outrora revoluções. Humanismos. Globalizações. São tempos que vão mudando. São tempos dialéticos. Tempos de desesperanças. Desamores. Dores. Tempos que nos mostra a faca. Mas não a cura. Tempos de ilusões. Liquidez. Escassez. O tempo do efêmero. Do vazio. Da procura. Mas não do encontro. Tempo de quê? Descansar? Esperar? Atuar? Pelo quê? Pelo eu? Falta-se bandeiras. Ideologias. Poesias. Sentires. Quereres. Tempo de falácia. Quimeras. Fazer o quê? Ser. Tentar. E ser novamente. Tempo de espelhos. Tempo de oftalmologista. Cura para nossa visão míope. Quem sabe assim. Renascemos das cinzas...

    ResponderExcluir
  2. Keila,
    e já diria Saramago, estes são tempos de cegueira.

    ResponderExcluir
  3. acrescento drummond, pra quem é "tempo de partida. tempo de homens partidos".

    que não durem. torçamos.

    ResponderExcluir
  4. e como eu torço, Juliana. torço tanto para que não perdure, que acabo por transformar pensamentos em ações, e minha vida se torna instrumento de luta e desejo de mudança.

    ResponderExcluir