segunda-feira, 3 de outubro de 2011

noite que virou lenda

sentamos nas janelas do céu, e nos desmembramos em estrelas cadentes a espera de olhos pra congelá-las, falamos das coisas mais importantes da vida, combinamos listras com bolinhas, e quando nos demos conta já era dia, e o mundo real nos fazia convites pra amanhecer no seu compasso, sempre tão destoante do nosso.

2 comentários: