domingo, 2 de outubro de 2011

resposta do tempo

uma hora ou outra desbota a cor da tinta pintando paredes, uma hora ou outra a fruta desmancha seu sabor em função do tempo mais veloz que sua eternidade, uma hora ou outra a tecnologia pára de responder e convence que outra melhor que ela já encontra-se nas prateleiras por detrás das vitrines, uma hora ou outra o corpo diminui o ritmo e a vida lá fora continua a acelerar, o bonito disso, é que uma hora ou outra a pétala se encolhe por reconhecer os limites das estações, o bonito disso, é que o céu responde sempre a altura do movimento das coisas da terra, e difícil é compreender esta resposta, o bonito disso, é que um olhar encontrando outro explica quase todas as coisas, e o excesso de perguntas é o mesmo que não sentir o corpo inteiro pulsando desde que ele apareceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário