quinta-feira, 28 de agosto de 2008

menos um

Não adianta. Uma hora a cabeça da gente não suporta e corre atrás da primeira porta. Foi assim com ele e agora somos nove. Passos largos como esses nossos precisam de base. E se não for de pedra arrebenta na primeira onda forte. Feito ele... é assim mesmo. A gente tem que se encher com nossas convicções pra poder suar deitado na neve. Pra seguir tem que escancarar o coração, segurá-lo firme nos olhos até fazer lacrimejar. Se não for assim não há pés que agüentem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário