quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

ponto de chegada

eu espero você voltar. eu sei que qualquer que seja a hora da sua volta será um segundo depois, aquele que nos divide, quando o trem acaba de partir e já não dá mais tempo. mas eu espero você voltar. tenho essa mania de gostar de pontos de chegada. estarei em todos eles. em qualquer centímetro de terra aonde você possa pisar eu estarei a espera. mas você não chega. e eu não estou em todos os pontos, pelo menos não nos que você chega. há sempre uma outra porta ao lado da minha. eu espero você, porque em você está parte de mim e eu não tenho outra saída a não ser me esperar. esperar até que eu volte a ser minha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário