sábado, 28 de janeiro de 2012

travessia

voltei com a foto dele pro meu jardim, peguei de volta o final da história ainda sem fim, o chegar em um lugar sem saída pode parecer o momento de recuar, mas nem sempre é assim, pode-se atrever em voltar pelo caminho desconhecido, pela corda mais bamba, e que contraditoriamente traz mais firmeza da chegada, chegada que não existe nos caminhos nossos, pois já diria Guimarães Rosa, a gente é travessia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário