segunda-feira, 23 de agosto de 2010

chuva de domingo

olhou pela janela e viu um mundo inteiro molhado. o céu emocionado chorava lágrimas que não cabiam em seus olhos e inundavam a terra com uma tempestade de sentimentos. enquanto olhava pela janela a menina se atrevia a abrir o vidro e algumas gotas não resistiram em fazer carícias em seu rosto. envolvida pelo carinho daqueles pingos a menina esticou o braço até tocar lá fora e no mesmo instante viu a própria pele se cobrir de uma água que regava a terra. incomodada com o excesso de teto que tinha em sua casa ela abriu a porta e colocou o corpo inteiro debaixo daquela chuva da tarde de domingo. as gotas não caíam de uma vez. aos poucos molhavam a pele da pequena menina apaixonada pela água que corria pelas esquinas do mundo.

2 comentários:

  1. Sempre quis fazer isso... quando realizei o sonho fiquei gripado, doente... mas ainda farei tudo denovo!

    ResponderExcluir