quarta-feira, 4 de agosto de 2010

verbo amar

as terras não são de ninguém
até quando irá este vai e vem?
não há quem possa comprar se quer uma gota de mar
e eles ficam lá insistindo que podem pagar
um dia vou construir meu lar com paredes cheias de ar
vou calçar meus pés com peles de fazer voar
porque menina que descobre logo cedo o verbo amar
não consegue mais viver pra calcular
ela só quer saber de pulsar...

2 comentários:

  1. e aqui eu deixo todos os meus suspiros

    ResponderExcluir
  2. e assim você me deixa a inspirar um por um dos suspiros seus...

    ResponderExcluir