terça-feira, 30 de dezembro de 2008

madrugada

atravessei a madrugada pra falar de tristeza. pra falar de como as risadas estão silenciosas. de como o que eles falam não me interessa. e olha que eu tenho me esforçado. queria um abraço daqueles que quebrassem algum dos meus ossos, pelo menos. tenho sede de simplesmente conversar com as estrelas. de não falar só de coisas visíveis a olho nú. preciso experimentar algo mais. agora! estou mudando a minha rotina pra ver se eu acerto o que é. lavo meu cabelo por volta de 3h da madrugada. nao consigo passar muitas horas sem escovar os dentes. recorto partes de mim mesma e colo na porta do meu quarto. alimento-me mais de pensamentos que de comida que vem da terra. ocupo meu quarto com música. mas não era bem isso. e eu não faço a menor idéia do que seja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário