sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

mais uma vez, Sabrina

ela me escreve algumas linhas e eu vou logo correndo atras de paginas. ela parece que entra dentro de mim e faz babado e confusao. ela tem um jeito que eu diria ser jeito de gente com asa. ela ate tem uma tatuagem que penso ser o desenho de asas. mas mesmo se nao a tivesse eu enxergaria as mesmas asas nas costas dela. ela eh daquelas tipo tempestade. nao eh pra voce saborear lentamente. eh pra voce comer sem respirar, olhar sem piscar. ela eh mesmo a sobremesa. ela eh aquela que se nao existisse precisaria ser inventada. ela eh ela. e lindamente...

Nenhum comentário:

Postar um comentário