segunda-feira, 11 de abril de 2011

nega por ter medo do não

- tive um encontro outro dia.
- como foi?
- bom.
- vai vê-la de novo?
- não sei.
- por que não?
- não liguei mais pra ela.
- que amador você é.
- sei o que faço. não se preocupe, sei o que estou fazendo. mas ela é linda, inteligente, divertida, diferente das outras.
- então ligue pra ela, Romeu.
- por quê? pra descobrir que não é tão inteligente, que é chata? ela é perfeita agora, eu não estragaria isso.
- talvez esteja perfeito pra você, e não queira estragar isso. isso é superfilosofia. assim poderia viver a vida toda sem se relacionar com ninguém. (...) as pequenas idiossincrasias que só eu conhecia. era o que a fazia minha mulher. ela sabia tudo de mim também. todos os meus pecadilhos. chamam isso de imperfeições, mas não são. são as coisas boas. você não é perfeito, amigo. e quer saber mais? nem essa garota que conheceu. a questão é se são perfeitos um para o outro. esse é o segredo. isso é intimidade. pode saber muita coisa, mas só vai descobrir tentando.

(do filme Gênio Indomável)

2 comentários:

  1. a não tentativa antecipa o não, sem ao menos deixar abrir a fresta do sim...

    ResponderExcluir