segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

roubo de alma

- você fica tentando arrancar as coisas da gente.
- eu tento arrancar a alma. acho alma a coisa mais linda que há.
- e já arrancou muitas almas? tem muitas guardadas? o que faz com elas?
- leio, porque a gente nao lê apenas palavras.
- então você faz tipo uma biblioteca?
- não consigo chegar no nível de uma biblioteca, porque minha memória não me permite. mas as almas que já li estão em mim. eu as roubo. roubo aquilo que fica no ar.
- então você é uma procurada internacional? por hábitos felinos que atravessaram os mares?
- não. não há ninguém me procurando. eu estou sempre à vista.
- isso que você saiba

2 comentários: