sábado, 19 de julho de 2008

lá no alto...

adoro quando minha imaginação pára nas suas palavras. acompanha seu tom. o toque que se faz bonito nas curvas. um verso seu é suficiente pra eu poder escrever um livro, sem vírgulas. eu chego a enxergar novas flores por lugares que passo todos os dias. o mundo se transforma com a gente. ontem a lua bem mostrou pra que viera. fez laranja nossos passos na noite. quisera eu poder congelar instantes assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário