terça-feira, 15 de julho de 2008

parada

Naquela praça ainda tem um banco. É pausa, mas faz-se passagem. Trilho de trem. Respira comigo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário