quarta-feira, 23 de julho de 2008

sobre borboletas

existe poesia nesse mundo virtual. posso afrimar isso quando sílabas cuspidas em páginas coletivas se juntam pra me confundir e entopem minha respiraçao. Vi este texto no blog Dele e por acaso totalmente pensado passeio por lá sempre que meu corpo muda as fases. a poesia atravessando os olhos, quem diria! e eu me entreguei quando o vi descrevendo a tal borboleta dos meus vôos. a mesma borboleta. eu sei...

"A BORBOLETA simboliza a alma, o renascimento e a imortalidade.

A metamorfose de seu ovo para lagarta e depois para crisálida e borboleta indica as etapas da alma para a iluminação.

No Japão, a borboleta está associada à mulher. Duas borboletas significam felicidade a dois.
Uma crença popular da Antiguidade greco-romana dava à alma que deixa o corpo, a forma de uma borboleta.

Nos afrescos de Pompéia, Psique é representada como uma menininha alada, semelhante a uma borboleta. Entre os astecas, a borboleta é um símbolo da alma, ou do sopro vital, que escapa da boca agonizante.

Uma borboleta brincando entre flores representa a alma de um guerreiro caído nos campos de batalha. Os guerreiros mortos acompanhavam o Sol até o meio-dia; em seguida, eles desciam de volta a terra sob a forma de borboletas.

No mundo sino-vietnamita, a borboleta simboliza a longevidade e também o outono.

Um outro simbolismo da borboleta é baseado na sua metamorfose e vontade de mudança: o casulo é o ovo que contém a potencialidade do ser; sair do ovo é como renascer para a vida.

A MUDANÇA… O poder da borboleta é como o ar, é a habilidade de conhecer a mente e de mudá-la, é a arte da transformação… A gente deve observar a nossa posição na vida e, como a borboleta, nós sempre estamos em algum estágio."

retirado do blog http://palavraguda.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário